6 de jun de 2013

Dari Krein lança livro que investiga os malfeitos do neoliberalismo

O professor e pesquisador José Dari Krein lançou o livro As Relações de Trabalho na Era do Neoliberalismo no Brasil no final dos trabalhos do 6º Congresso do SINJUSC na manhã desta quinta-feira, 06/06.
O autor e a obra foram apresentados pelor diretor da Federação Nacional dos Servidores do Poder Judiciário nos Estados (FENAJUD) e SINJUSC, Volnei Rosalen. Ele destacou a importância da permanência da obra, destacando que "as ideias do neoliberalismo ainda estão muito presentes" e que, aos trabalhadores, "a atuação coletiva é sempre necessária para evitar retrocessos e perdas de direitos".
Antes da sessão de autógrafos, o professor José Dari Krein ressaltou algumas linhas de sua investigação. Explicou que o neoliberalismo buscou não somente mudar a lei e impor uma nova forma de relação de trabalho.
Os governos neoliberais precarizaram o trabalho a partir de formas de contratação - estágio e emprego temporário, por exemplo - e, com grande intensidade, provocaram o isolamento dos trabalhadores, a partir da ideia de que cada um pode resolver seus problemas. "A classe trabalhadora precisa encontrar-se como coletivo", afirmou, "para soluções coletivas dos problemas". (Foto Rubens Lunge)